A partir das experiências, lições e aprendizagens geradas pelo Projeto Viver na Mata Atlântica, a Serra Acima constrói um próximo passo para melhor estruturar sua atuação a partir dos programas "Recuperação e Restauração Florestal", "Produção e Renda junto a Agricultores Familiares" e "Formação de Agentes de Desenvolvimento".
O Projeto Viver na Mata Atlântica contribui para mudar o contexto de pobreza e degradação ambiental de Cunha e região. Iniciado em abril de 2006, associa a recuperação florestal de matas ciliares e nascentes à capacitação continuada de jovens e produção agroecológica.  Esta estratégia já está sendo executada com sucesso pela Serra Acima em uma das bacias - a do rio Paraibuna, um dos formadores do rio Paraíba do Sul. O sucesso dos resultados alcançados motiva a Serra Acima a ampliar essa estratégia para a bacia do rio Paraitinga, outro formador do rio Paraíba do Sul.
O programa de Recuperação e Restauração Florestal tem como prioridade a atuação nas bacias dos rios Paraibuna e Paraitinga e como finalidade propiciar condições para a produção de água e conservação da biodiversidade na Mata Atlântica da região. A estratégia é o desenvolvimento e implantação de modelos inovadores de recuperação e restauração florestal em propriedades rurais e a prioridade é a recuperação de nascentes e matas ciliares. As diretrizes do programa são atuação em sub-bacias e micro-bacias hidrográficas, contribuir na formação de micro-corredores de biodiversidade, adequação ambiental das propriedades e situar a restauração e recuperação no planejamento integrado da propriedade.

O programa de Produção e Renda tem como público agricultores familiares. A finalidade é melhorar a eficiência econômica das propriedades rurais e a  segurança alimentar, aumentar a renda (consumo e financeira),

qualificar o trabalho das famílias rurais e melhorar a competitividade dos produtos. As diretrizes desse programa são diversificação da produção, ter uma visão das cadeias produtivas dos principais produtos, abordagemagroecológica nos processos produtivos e estímulo à organização social e produtiva. Na imagem da fotógrafa Júlia Raposo, produção de morando orgânico no bairro do Sítio.

 
 

O programa Formação de Agentes de Desenvolvimento é voltado ao público jovem das áreas onde a Serra Acima atua. Tem como finalidade construir estratégias de desenvolvimento, criar ambiente favorável à evolução das capacidades locais e qualificação técnica e organizacional para que possam ser protagonistas nos processos de desenvolvimento das comunidades. Na foto, jovens em grupo de estudo.

         
 
   
 
   
:: Ciclonet - Soluções em Internet ::