Laranjas no péLiquens - Mata AtlânticaSementes para plantioDetalhe da MataGalinha e filhotesGaleria de imagens

Serracima

Água. Alimentos. Mata Atlântica. Cunha - São Paulo - Brasil

Agroecologia

5.10.2015

V Feira de Troca de Sementes Crioulas e Mudas de Cunha e Região

 

V Feira de Trocas de Sementes Crioulas e Mudas de Cunha e Região

 

As sementes Crioulas são Fruto do trabalho milenar de agricultoras e agricultores, povos e comunidades tradicionais, responsáveis por sua seleção e adaptação aos ambientes e climas locais. Fazem parte de suas culturas e garantem soberania e segurança alimentar dos povos.

SerrAcima e o Grupo de Agricultores Familiares Agroecológicos de Cunha convidam todas e a todos para trocas que vão além das sementes e conhecimentos associados ao seu uso. Nosso propósito é juntar forças, conectar territórios e iniciativas voltadas ao desenvolvimento local sustentável, que promovam direitos, respeito aos seres vivos, ao ambiente e relações sociais equânimes.

A proposta esse ano é debater os impactos do sistema de produção agrícola na saúde, bem como apresentar caminhos concretos para a garantia de uma produção livre de venenos e outros insumos químicos, diversificada, que valoriza os recursos locais e hábitos culturais, desenvolvidos em Cunha por famílias agricultoras em transição agroecológica, entre outras iniciativas da sociedade pelo direito à saúde humana e ambiental.

Na programação haverá uma programação especial para as crianças, a CIRANDA, que pretende facilitar a participação dos pais e, especialmente, das mães ao longo da Feira.

Tragam suas sementes e mudas!

 

Feira de Sementes de Cunha

 

- PROGRAMAÇÃO:

• 8:30 h

Inscrição – Praça da Matriz

• 9:00h

Início da Ciranda – Museu Municipal Francisco Veloso

• 9:30h

Boas Vindas e Café da Roça – Cinema

• 10:00h

Abertura – Cinema

• 10:30h

Apresentação do Filme: Experiências Agroecológicas em Cunha e Região, SerrAcima, Agricultores e Agricultoras Familiares

• 10:50h

Mesa de Debates:

PRODUÇÃO DE ALIMENTOS E SAÚDE: A Agroecologia e suas contribuições para a saúde humana e ambiental.

DEBATEDORES:

- Marcelo Firpo de Souza Porto – Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (Fiocruz). Impactos dos Agrotóxicos sobre a Saúde.

- Neusa Liane – Enfermeira da Unidade Mista de Saúde de Silveiras. Relatos sobre realidade local.

- Marcelo Novaes – Defensor Público de São José dos Campos. Contaminação de Mananciais da Região de São José, impactos e soluções discutidas pela sociedade.

- Marcia Sarpa – Instituto Nacional do Cancer – Consequências no uso de Agrotóxicos na saúde humana.

• 11: 50h

Debate em Plenária

• 13:30h

Almoço – Casa Paroquial

• 15:00h

Feira de Troca de Sementes – Praça da Matriz

• 17:30h

Encerramento

 

A participação é aberta a todos os interessados! Mas não se esqueça é uma feira exclusivamente de troca, não será permitido a comercialização de sementes e mudas.

Ciranda é um espaço dedicado as crianças. Desta forma pretendemos proporcionar melhores condições para participação das mulheres. As crianças também terão atividades próprias inspiradas na Feira e na temática do evento.

 

Feira de Sementes Crioulas

 

• Serviço:

Domingo 11 de outubro de 2015, de 9 às 17hs. Praça da Matriz – Cunha – SP

- Local do evento: A Feira acontecerá na Praça da Matriz e o debate no Cinema Municipal, que ficam bem próximos.

- Como Chegar em Cunha

De carro:

Pela Dutra: Seguir pela rodovia Presidente Dutra até o município de Guaratinguetá, pegar a SP-171, até Cunha são 45Km de estrada subindo a serra. O melhor caminho para quem vem do Rio ou São Paulo.

Pela BR 101. A partir de Parati. Subir pela Parati – Cunha, são 45Km. A estrada está em construção. Apesar de quase concluída recomendamos atenção redobrada aos que vierem por ai.

De ônibus:

Chegando em Guaratinguetá existe um ônibus que sai da Rodoviária, vários horários por dia pela empresa São José. Uma segunda possibilidade é pegar as lotações que vêm da Rodoviária de Guaratinguetá até Cunha. Na porta principal da Rodoviária procure por transporte para Cunha.

De Paraty – somente na Brasília do “Vitinho Transportes”. Descendo de Cunha para Parati todos os dias às 5:30hs e voltando de Parati para Cunha às 7:30hs da manhã.

 

Feira de Sementes de Cunha

Confiram abaixo algumas opções de hospedagem amiga:
  1. Estalagem Primavera – 3111-2312/99732-1883 Paola
  • 18 pessoas – R$50
  1. Estalagem Posto Estância – 311-1405 Lina  
  • 15 pessoas – R$45
  1. Pousada Vila Rica – 3111-2612 Cristina
  • R$140 Apartamento casal – 1 vaga
  • R$ 180 Chalé casal – 1 vaga
  1. Pousada Clima da Serra – Jôse- 3111-2306
  • R$150 Apartamento casal – 3 vagas
  • R$ 180 Chalé casal – 1 vaga
  • R$ 120 solteiro – 3 vagas
  1. Hotel do Sol – José/Célia – 3111-1231
  • R$ 35 – coletivo
  • R$ 50 – quarto suíte
  • Capacidade 40 pessoas
  • 13 quartos – 3 camas de solteiro – Banheiro coletivo
  • 2 quartos suítes – 2 com: 1 cama casal + 1 cama solteiro
  • 1 quarto suíte com 1 cama casal
  • 1 quarto suíte com 2 camas de solteiro
  1. Pousada do Sossego – Maria Aparecida – 3111-1755
  • Sem nota fiscal
  • 16 pessoas
  • R$ 120 – casal
  • R$ 60 – solteiro
Esperamos por todos os companheiros e companheiras! Tragam suas sementes e mudas!!

18.06.2015

Nós Garantimos a Qualidade Agroecológica de Nossos Alimentos!

 

O grupo de agricultoras e agricultores familiares agroecológicos de Cunha optou por um proceso de certificação participativa como estratégia para garantir a qualidade de sua produção junto aos consumidores, tendo parte do grupo se regsitrado como Organização de Controle Social (OCS) no Ministério da Agricultura, desde 2013.

A OCS é um instrumento previsto na legislação brasileira que possibilita, exclusivamente aos agricultores e agricultoras familiares registrados como OCS, a venda direta aos consumidores de seus produtos agroecológicos e orgânicos sem a necessidade de certificação,  aonde o grupo garante de forma participativa que os produtos de cada uma das famílias são produzidos com base nos princípios da agroecologia e da produção orgânica.

No caso do grupo de Cunha, cada família é visitada pelo menos duas vezes por ano pelas demais famílias e equipe de SerrAcima, quando responde na caminhada pela propriedade a um questionário com mais de trinta questões sobre seus métodos de produção. São dias de intensa troca de conhecimentos e estratégias sobre produção, material genético, comercialização e organização coletiva. Na última visita, em oito de junho, três novas famílias foram acolhidas ao grupo, que encerrou a visita às novas propriedades respondendo a última pergunta do questionário “O grupo garante que esta família produz com base nos princípios da agroecologia e de acordo com a legislação?”

“Sim nós todos Garantimos!”

 

Fotos: Augusto Santiago- Cajú – Texto: Luana Carvalho e Augusto Santiago.

Próxima Página »

Petrobras
» Serracima - Cunha - São Paulo. Login DoDesign-s Design & Marketing