Práticas agroecológicas 04: SOBRE A BIODIVERSIDADE

joaninha-controla-o-pulgão
joaninha-controla-o-pulgão

A biodiversidade refere-se às diferentes formas de vida existentes na natureza. A diversidade se expressa nos mais diversos níveis de organização biológica. Pode ser definida, em um primeiro momento, pelo número de espécies presentes em um dado local e momento.

Tudo o que existe num ecossistema (floresta) ou agroecossistema (horta ou lavoura) tem sua função. É o conjunto de espécies que faz aquele sistema funcionar. A isso chama-se de funções ecológicas ou equilíbrio dinâmico.

Nas iniciativas acompanhadas pela Serra Acima, busca-se ampliar a biodiversidade para melhorar a saúde e produtividade. Quando maior a biodiversidade, menor a quantidade de pragas e doenças.

Muito se fala da importância da biodiversidade dos ecossistemas e agroecossistemas para a estabilidade destes. Isso garante maior produtividade, diminui as incidências de pragas e doenças, diminuindo os riscos. Essa condição não se resume à cobertura vegetal, estendendo-se à biodiversidade biológica e microbiológica, incluindo principalmente aquela existente sob o solo.    

 Exemplo de equilíbrio dinâmico:

  • Quando tem pulgão na horta, logo surgem as joaninhas que comem os pulgões.
  • Por isso não se deve aplicar veneno na horta porque além de lhe contaminar você mata a joaninha que é o inimigo natural do pulgão. E sem inimigo natural o pulgão toma conta.

– Se for muito pulgão usa-se um repelente para que a joaninha fique lá ajudando a controlar o pulgão