Projetos em andamento em 2018

Desenvolvimento Agroecológico da Agricultura Familiar

Início: Janeiro/2018

Apoio: Fundação Banco do Brasil

Objetivo: Capacitar e apoiar 66 jovens rurais na implantação de hortas orgânicas para consumo familiar.

Tempo de duração: 1 ano.

A implementação do Projeto ocorre por meio das seguintes ações:

– oficinas teóricas e práticas sobre cultivo orgânico de hortaliças, incluindo os seguintes temas: juventudes rurais,  planejamento da produção e estratégias para a inclusão socioprodutiva a partir da visão agroecológica, compostagem, uso de biofertilizantes e caldas, gerenciamento de resíduos, sementes crioulas e segurança alimentar.

– visitas técnicas regulares de agrônomos às propriedades para orientar as práticas agroecológicas. 

– um kit para cada jovem participante com ferramentas, equipamentos de proteção para o trabalho, sementes e mudas.

– transporte e alimentação quando necessário para realizar atividades em grupos nas propriedades rurais.

Corpo técnico:  Leandro Braz Camilo, Thiago Rabelo,  Alketa Bestaku, Idnara Lopes.

======================================================

Agroecologia – Vida na roça, alimento saudável na cidade

Objetivo: Aumentar a resiliência de agricultores familiares do Vale do Paraíba Paulista e ampliar a oferta de alimentos saudáveis à população, inclusive a crianças de escolas públicas beneficiárias do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).

Início: Janeiro/2017
Tempo de duração: 2 anos.

Apoio: Interamerican Foundation – IAF

A implementação do Projeto ocorre por meio de ações realizadas com 3 grupos de agricultoras e agricultores cujas propriedades se encontram em diferentes estágios de transição agroecológica.

O Grupo de Agricultores Familiares Agroecológicos de Cunha é formado por famílias que já avançaram no processo de conversão agroecológica de suas propriedades e vendem produtos certificados em feira livre e para o Programa Nacional de Alimentação Escolar.

As ações do projeto incluem: acompanhamento técnico regular, apoio à comercialização de produtos com certificação da qualidade orgânica (Organização de Controle Social cadastrada junto ao Ministério da Agricultura e Pecuária) e apoio à comercialização junto ao Programa Nacional de Alimentação Escolar.

O Grupo da Pecuária Agroecológica é formado por duas famílias iniciantes e nove famílias em processo avançado de transição agroecológica.

As ações incluem o acompanhamento técnico regular, a realização de oficinas de homeopatia e fitoterapia, instalação e reforma de piquetes seguindo a metodologia do Pastoreio Racional Voisin. As famílias estão recebendo apoio para a comercialização do leite para mercados mais justos, assim como para a criação de uma OCS a fim de garantir a união e a autonomia do grupo.

O Grupo de Mulheres inclui mulheres residentes em quatro bairros rurais, com interesse em adquirir conhecimentos agroecológicos e ampliar as oportunidades de geração de renda e autonomia.

As ações incluem: diagnóstico rural participativo, apoio à elaboração dos planos de ação familiares, intercâmbios e oficinas nos seguintes temas: manejo agroecológico do solo, poda e controle biológico, pecuária agroecológica, homeopatia e fitoterapia animal, comercialização e economia solidária, mutirões para a implantação de tecnologias de manejo água (biofossa, sistema de reuso água cinza e proteção de nascentes, bebedouro nas pastagens), composteiras, minhocários, adubação verde.

Oficinas adicionais de confecção de produtos ecológicos de limpeza e higiene pessoal foram oferecidas a esse grupo com o intuito de incentivar a produção para consumo e abrir caminhos para criação de um negócio coletivo.

Corpo técnico: Alketa Bestaku, Thiago Rabelo, Sintia Bastos, Thiago Gentil.